Um mundo só meu

img_8228Sabe, eu estou onde queria está, esse aqui é o meu mundo, tenho o meu próprio mundo, ele não é tão grande, e, nem tão diferente, mas ele é meu. Tem meus sonhos, tudo o que gosto, o que tenho que fazer, como fazer, meus ideais, minhas vitorias e também as derrotas, alegrias, tristezas, verdades, opiniões, loucuras, amores, paixões e todas aquelas pessoas que merecem entrar.

Se você olhar, é bem apertadinho, foi feito só para mim. Tem bem pouco espaço, mas, eu me sinto em uma imensidão, cercado de muita gente, que nem sabe que ele existe, muito menos como entrar e que nunca vai conhece-lo. Para entrar? Eu não vou te convidar, você vai ter que merecer, ser digno de conhecer e mais ainda de permanecer, meu mundo é só meu, mas, posso dizer se você tem o que é necessário para nele entrar e ficar.

Se um dia você entrar, você vai ver que pequeno ele não é, pode ser que seja para quem olhe por fora, faço isso de propósito, para de cara selecionar os corajosos e os bons de coração. Alguns já se arriscaram e no meio do caminho desistiram, pois, entrar aqui não é tão fácil assim. Meu mundo, poucos são os que entendem, muito menos os que aceitam, então são esses que acabam permanecendo. Já teve alguns que conseguiram me enganar, ninguém está certo sempre, esses, um pouco ficaram, bagunçaram o meu mundo e, do nada me decepcionaram.

Mas do meu mundo eles saíram e não entraram mais, e a cada dia que passa ele fica mais difícil de entrar. De uma coisa estou certa, não estou sozinha, já encontrei alguns mundos parecidos com o meu e quando se juntam a infinidade deles se completam.


Imagem enviada por: @stehmagalls

Sobre o autor

Piauiense cabra arretado, sabe?! Contador por profissão, louco por números... Que ainda acredita no amor, observador de detalhes, onde apaixonou-se por escrever e consegue colocar para fora alguns pensamentos "soltos" que a cabeça e o coração insistem em discutir.

Publicado por

Mauro Garcia

Piauiense cabra arretado, sabe?! Contador por profissão, louco por números... Que ainda acredita no amor, observador de detalhes, onde apaixonou-se por escrever e consegue colocar para fora alguns pensamentos "soltos" que a cabeça e o coração insistem em discutir.

4 comentários em “Um mundo só meu”