“Não é Nada”

Eu te entendo, sei que deseja ficar sozinha, dentro de um quarto e sair apenas para fingir ser um ser humano normal para outras pessoas. Esconder todas suas marcas, mesmo não sendo externas, tornando todos aqueles sorrisos falsos, e sem credibilidade alguma na vida, em apenas “não é nada”.

Continuar lendo “Não é Nada”

Uma escolha que fiz

img_3910.jpgSe um dia me perguntarem por que estou só, direi que não quero mais machucar ninguém. Às vezes me pergunto como pode a gente ser capaz de machucar alguém. Como podemos gostar tanto de alguém e mesmo assim errar e desse jeito fazer mal a essa pessoa, sei que somos seres errantes, e, as vezes burros ao ponto de fazer tanta besteira que chegamos afastar pessoas que fariam de tudo para estar ao nosso lado.
Continuar lendo Uma escolha que fiz