Sonhos de criança, desejos de adulto

Quando eu era criança, sonhava com várias coisas, como viajar para os Estados Unidos e ser um diretor de cinema mais famoso e memorável que o Quentin Tarantino; ser um grande músico de personalidade tão marcante como Freddie Mercury ou Bon Jovi; ser um Indiana Jones da vida real e revelar os segredos da Grande Pirâmide; ser tão famoso e atemporal como Alexandre, o Grande ou até mesmo ser uma mistura de Elon Musk com o Cooper do filme Interstelar, fazendo de tudo para salvar a humanidade e levá-la para o além do conhecido…

“Enfim, eram muitas coisas, muitos sonhos, como de qualquer moleque que achava ser único e especial. E convenhamos, não havia nada de errado nisso!”

(…)

Mas o tempo foi passando, e a malícia do mundo veio se mostrando sutilmente para mim em cada brecha que podia. Eram coisas como a desigualdade, maldade, violência, sexualidade explicita e afins do mesmo gênero que permeavam através de mim, mas tudo no seu “devido tempo”. E isso, eu achava que era normal, achava que eram as famosas pedras no meio do caminho que todo mundo falava, portanto deveria ser fácil driblar elas, afinal era só olhar para o chão e andar com atenção, correto?

Não foi bem assim…

O tempo passou mais uma vez, a fase da rebeldia e anarquia foi embora, a fase do 220 foi diminuindo até chegar ao 110. Tive de aprender tudo o que não quis aceitar. Aprendi que saudade fazia parte da vida, que a maldade infelizmente sempre existiria, que um a mais não faria a diferença em uma causa, coisas assim, difíceis de se engolir… Não me entenda errado, eu não deixe-me moldar pelo ambiente. Eu só olhei a mesma paisagem de um outro ponto de vista.

Agora, gosto do simples, e meu amigo, de simples só tem o nome mesmo, porquê… Que sonho! O que quero hoje é morar em uma cidade pequena e calma, com brisa de vento que bate no rosto suavemente e um Sol sem calor toda manhã e tarde, junto de uma casa no estilo chalé com um campo maior que ela. E viver com alguém que mereça um espaço aqui no coração, é claro… Viu, meu amigo? Dizer que é simples é pura humildade, porque isso sim que é riqueza, isso é sinceridade consigo mesmo, isso é vida (pelo menos para mim).

“Eu achava que tudo era uma questão de quando, e não como e porquê, eu achava que ser especial era fazer diferente, mas mal sabia que o especial vem do que é genuíno e de coração; queria o mundo quando na verdade só precisava do meu espaço nele.”

📷 @ig_humanplus


Felicidade na simplicidade

O que é felicidade para mim?

Felicidade é o simples e o extraordinário;
Felicidade é ouvir aquela música dos anos 80 que você se esqueceu da existência;
Felicidade é ouvir os sons da natureza e se acalmar ao invés de esbravejar;
Felicidade é viajar para bem longe do seu lugar e hospedar suas raízes nos ares;
Felicidade é subir uma montanha e gritar mais alto que ela quando chegar no topo;
Felicidade é deitar no travesseiro e ter a cabeça em outro mundo;
Felicidade é cantar a melodia sem saber a letra;
Felicidade é viver na contramão do que te exigem;
Felicidade é ter coragem para viver um pedacinho do que um dia já se sonhou.

O que é felicidade para você?

(Não se acanhe, comente…)

📷 @supremeshutter