Já desisti do amor

Já faz um tempo que desisti do amor, como posso dizer, só não acho que ele seja para mim. Não que eu não penso em um amor, mas sei lá, já acreditei mais nele. Se um dia encontrar esse amor, não vou fugir, provavelmente irei fazer com que seja um bom amor, que valha a pena, que seja para sempre. Vou me esforçar. Continuar lendo Já desisti do amor

Carta para esperança

Pensava que esperança não havia rosto, não havia forma, nem tamanho. Pensava que era utopia, desejo inventado para fugir do terror e apenas atrasar o pior. Mas ela tem um par de olhos bem escuros, uma alma que o tempo não levou, e uma gargalhada que abraça teus medos, e os coloca para dormir. Continuar lendo Carta para esperança