Só falta você aqui

Só falta você aquiSe vier, verás que aqui nada mudou. Algumas estações passaram, deixando tudo intacto. Só a nossa música que não toca mais na rádio, já é outra música na parada de sucesso. E a nossa série, a temporada chegou ao fim. Aquele sorvete que deixaste com um bilhete que não o comesse, eu comi.

-Desculpa!

Mas, seu livro de cabeceira continua no criado mudo. Algumas roupas que esqueceste, continuam do seu lado do armário. Contínuo colocando duas canecas de café na mesa, o ruim é que não ouço sua voz reclamando do café forte; você sabe que não sou muito bom na cozinha, mas sempre fiz questão de fazer nosso café da manhã, era meu jeito de dizer, o quanto gostava de acordar do seu lado.

-Perdão!

Eu devia ter te falado mais essas coisas, mas não sou muito bom com as palavras, não sou romântico como os personagens dos seus livros preferidos, não sei falar bonito e, me atrapalho todo com as declarações. Sou apenas um cara comum, de hábitos e atitudes comuns, não tenho nada de extraordinário. Sempre te achei a mulher mais inteligente, linda por dentro e por fora, e romântica, te amei deste o dia que te conheci. Sempre achei que iria cair na real, e se perguntar o que está fazendo com um cara como eu.

-Não te culpo, nem me culpo, a vida tem dessas coisas.

Mas, se um dia você perceber que tomou a decisão errada, que ama esse cara que te escreve todos os dias, saiba; eu contínuo colocando duas canecas de café na mesa, e (só falta você aqui).

-Talvez um dia eu crie coragem e te entregue estas cartas, no momento, só às escrevo.

P S: Um cara que te ama de um jeito comum.

Sobre o autor

Piauiense cabra arretado, sabe?! Contador por profissão, louco por números... Que ainda acredita no amor, observador de detalhes, onde apaixonou-se por escrever e consegue colocar para fora alguns pensamentos "soltos" que a cabeça e o coração insistem em discutir.

Publicado por

Mauro Garcia

Piauiense cabra arretado, sabe?! Contador por profissão, louco por números... Que ainda acredita no amor, observador de detalhes, onde apaixonou-se por escrever e consegue colocar para fora alguns pensamentos "soltos" que a cabeça e o coração insistem em discutir.