Quatro paredes

img_4501Pensando bem, pensando bem mesmo, as mulheres estão cada vez mais dominantes em relação as relações amorosas, sentimentais ou até mesmo casuais. Elas estão tomando de conta, estão cada vez mais com a mente e cabecinhas cheias de ideias e pensamentos bem apimentados, vontades, desejos, inspirações, principalmente entre quatro paredes.

Na maioria das vezes, quase sempre, aquelas mulheres mais quietinhas, com uma carinha doce, e meiga na frente de todos, são as que mais surpreendem, são as que mais têm desejos a realizar. Essas são as mais seguras de si, que tem uma vida estável tanto pessoalmente quanto profissionalmente, mulheres que não tem medo de se arriscar, dispostas a sentir prazer ao máximo.

Esse tipo de mulher está cada vez mais procurando aventuras também, relacionamentos casuais, aquela transa no motel depois de uma balada, são elas que te dominam na hora do sexo, são elas que querem fazer o homem subir pelas paredes, e tem muito homem que nem percebe, pois muitos reparam apenas nas que mais chamam atenção nos lugares (não sabem o que estão perdendo).

Sorte do homem que consegue enxergar esse tipo de mulher, mais sorte ainda daquele que consegue fazer com que ela se apaixone, sorte dele se apaixonar por uma mulher assim, pois são elas que vão te dar carinho e atenção quando precisar, mas também são elas que vão topar muita coisa que decidirem fazer entre quatro paredes.

Amor, desejo, paixão e prazer em uma só mulher.”

Sobre o autor

Piauiense cabra arretado, sabe?! Contador por profissão, louco por números... Que ainda acredita no amor, observador de detalhes, onde apaixonou-se por escrever e consegue colocar para fora alguns pensamentos "soltos" que a cabeça e o coração insistem em discutir.

Publicado por

Mauro Garcia

Piauiense cabra arretado, sabe?! Contador por profissão, louco por números... Que ainda acredita no amor, observador de detalhes, onde apaixonou-se por escrever e consegue colocar para fora alguns pensamentos "soltos" que a cabeça e o coração insistem em discutir.