O amanhã pode não ser tão gentil assim

Inúmeras vezes em nossas vidas, fazemos escolhas que achamos ser inofensivas e de pouca importância, achamos com quase toda a certeza e inocência do mundo que nossas escolhas e falta das mesmas não farão eco no futuro. Grande erro o nosso. Brincar de efeito borboleta, achando que não passa de historinha de ninar, é perigoso. Você só descobrirá o peso das suas ações quando for em cima da hora ou tarde demais. Negar no presente é o mesmo que não receber no futuro; começar algo tarde demais leva ao risco de nunca ser terminado.

Não me entenda mal, não estou dizendo que você precisa ser aquele estereotipo de “Rei do Agora” que a indústria cultural vem nos abordando com nem tanta sutileza nos últimos anos. Sabe aquele famoso “eu quero”, “eu posso”, “eu faço”? Esses são os Reis do Agora. Você não precisa ser uma máquina de resultados, basta fazer o mínimo por você, relembrar as adversidades do passado, cuidar-se no presente e planejar para o futuro.

“Talvez não seja tão simples assim, mas definitivamente, é um passo a passo. E lembre-se, a vida não é uma corrida; tá tudo bem se você quiser ir mais devagar ou descansar um pouco, só não vai ficar sem fôlego antes do final.”

📷 @ig_humanplus

Sobre o autor

Cada vez menos do mesmo e mais em todos os meios.

Publicado por

Embalador de Poesia

Cada vez menos do mesmo e mais em todos os meios.

3 comentários em “O amanhã pode não ser tão gentil assim”