Enganado

Para começar três perguntinhas…

  1. Você já foi enganado?
  2. Você já enganou alguém?
  3. Você já se enganou?
img_2594

Eu tinha que começar esse texto assim, porque acho que praticamente todo mundo já passou pelas três situações. Isso mesmo, pelas três situações, não importando a gravidade, mas acho que já.

Você ser enganado é muito ruim, você fica cabisbaixo, triste, indignado com o que você passou, pois por mais que você se proteja de tudo ou todos, sempre ocorre alguma brecha que faz você ser engando, e nessa hora, desmorona muita coisa na sua vida, ainda mais quando quem nos engana são as pessoas que mais amamos e que dizem que nos ama.

Ser enganado por quem diz que nos ama, não passa pela cabeça de ninguém. Mas, e enganar? Você já pensou na dor que a pessoa vai sentir? No que ela vai passar? Mesmo que você já tenha sido enganado, se você pensa em enganar alguém, você não pensa no que ele vai passar. E assim esse ciclo de enganação vai só aumentando.

Tudo isso é extremamente destrutivo, mas o ser humano é assim mesmo, se destroem. E o pior de todos, se autodestroem. Pois acima de tudo isso, o que mais maltrata e mais sai perdendo, são aqueles que enganam a si mesmo, esses não têm noção do que realmente fazem. Muitos das pessoas vivem vidas que não condizem com o que realmente são, se escondem nas aparências, se enganam ao julgar e não se autojulgar, vivem vidas alheias, demonstram ser algo que não são.

Dizem que vão fazer algo ou alguma coisa, e enrolam, atrasam, e assim vão se enganando. Na frente de umas pessoas se comportam de uma maneira e na frente de outras, totalmente diferente, esse tipo de pessoa não está enganando ninguém a não ser a si mesmo.

E por último e mais importante existe aquelas que se enganam em relação ao amor, enganam-se em relação ao que sentem, sofrendo, vivendo de formas que não faz jus a pessoa que é. Vivem nas sombras de outros ou outras por causa de um amor, que na maioria das vezes já se acabou. Enganam-se enrolando o fim de algo que não lhe faz mais bem. Enganam-se de todas as formas possíveis, em relação a um amor que não é amor.

“Não engane, não se deixe enganar, e principalmente, não se engane”.
Sobre o autor

Piauiense cabra arretado, sabe?! Contador por profissão, louco por números... Que ainda acredita no amor, observador de detalhes, onde apaixonou-se por escrever e consegue colocar para fora alguns pensamentos "soltos" que a cabeça e o coração insistem em discutir.

Publicado por

Mauro Garcia

Piauiense cabra arretado, sabe?! Contador por profissão, louco por números... Que ainda acredita no amor, observador de detalhes, onde apaixonou-se por escrever e consegue colocar para fora alguns pensamentos "soltos" que a cabeça e o coração insistem em discutir.