Desculpa

Você me pegou totalmente desprevenida ao declarar seu amor por mim. Confesso que eu jamais poderia imaginar que um dia isso pudesse acontecer. Tenho por você um carinho sem explicação, que foi conquistado aos poucos.

Foram tantas conversas, tantos desabafos, um sempre apoiando o outro, construímos juntos um lindo laço de amizade. Não consigo entender quando foi que isso mudou para você, e o pior de tudo foi eu não ter percebido nada.

A última coisa que eu quero na vida é magoar alguém que se tornou tão especial para mim. Estou sem saber como agir, sentindo-me culpada por não ter percebido. Por isso silenciei-me, por medo de fazer ou falar algo que possa lhe magoar. Desculpa por não responder suas mensagens, por não corresponder ao sentimento da forma como você gostaria.

Espero que um dia você seja capaz de entender a minha atitude, pois se eu me afastei foi para não nutrir falsas esperanças e preservar o sentimento de carinho que tenho por você.


📷 @ig_humanplus

Sobre o autor

Olá, prazer! Eu sou a Karine Capitini, uma capixaba do Sul do ES. Sou professora e tornei-me escritora por necessidade, pois os sentimentos transbordam dentro de mim. Desde então arrisco-me a colocar no papel tudo aquilo que vem na mente e no coração.

Publicado por

Karine Capitini

Olá, prazer! Eu sou a Karine Capitini, uma capixaba do Sul do ES. Sou professora e tornei-me escritora por necessidade, pois os sentimentos transbordam dentro de mim. Desde então arrisco-me a colocar no papel tudo aquilo que vem na mente e no coração.

16 comentários em “Desculpa”

  1. Quem nunca passou por estas situações? Dos dois lados… já recebi declaração de quem imaginava amiga e, fiz o que deveria… não correspondi… me afastei e… nunca mais a vi… mas, também, já me declarei para alguém que se imaginava apenas minha amiga… a diferença está em que eu a beijei e, em seguida, mudei de cidade e nunca mais a vi…