De mãos dadas

img_7641Como não pensar no futuro quando se ama? Não tem como, não é? O amor tem dessas coisas mesmo, imaginar o futuro a quem a Deus pertence, mas, por que mesmo não sonhar né? Não custa nada, quando o coração é preenchido com um grande amor, sonhar se faz presente de todas as formas.

Imagina aí, nós dois bem velhinhos, de mãos dadas, caminhando lado a lado, amando mais ainda, e se surpreendendo ainda com o amor, como te amar e não imaginar isso? Se não vejo outro sentido para minha vida, a não ser estar ao seu lado pelo tempo que for. Então que seja por muito tempo e que nem as marcas do tempo me façam esquecer o quanto te amo.

Pois, o amor é infinito, e, dizer que o para sempre não existe é uma baita besteira. Pois, o amor é coisa de alma e depois que duas almas estão entrelaçadas elas compartilham desse amor para sempre.


Imagem enviada por: @euefotografia

Sobre o autor

Piauiense cabra arretado, sabe?! Contador por profissão, louco por números... Que ainda acredita no amor, observador de detalhes, onde apaixonou-se por escrever e consegue colocar para fora alguns pensamentos "soltos" que a cabeça e o coração insistem em discutir.

Publicado por

Mauro Garcia

Piauiense cabra arretado, sabe?! Contador por profissão, louco por números... Que ainda acredita no amor, observador de detalhes, onde apaixonou-se por escrever e consegue colocar para fora alguns pensamentos "soltos" que a cabeça e o coração insistem em discutir.

2 comentários em “De mãos dadas”