Pessoas comemorando

Conhecer

E ao longo de nossas vidas, os dias passam e com isso conhecemos pessoas novas, algumas se tornam nossos amigos, outras só colegas de trabalho, conhecemos paixões, amores, alguns duram uma eternidade, outros só uns instantes. Mas conhecer alguém é algo rotineiro em nossas vidas.

Mas realmente, muitas pessoas entram e saem de nossas vidas, umas dá tempo conhecermos realmente quem são. Outras nem se quer dizem seu nome, mas conversamos e conhecemos algumas coisas. Existem também aquelas que contam tudo, ou quase tudo em pouco tempo, se tornam amigos de infância. É gente que entra na vida da gente para acrescentar, para atrapalhar, tem de tudo um pouco.

Algumas pessoas nos fazem pensar, “poxa porque não conheci antes?” Outras, dizemos, queria nem ter conhecido essa pessoa! No final de tudo, será se conhecemos mesmo cada pessoa? Porque a cada dia que passa nos deparamos com uma atitude diferente, algo novo.

“O bom de conhecer as pessoas são as experiências, algumas boas, outras ruins, mas tudo serve de experiência para nossas vidas.”

Conhecemos pessoas quando crianças, que mesmo se afastando um pouco, sempre lembramos, sempre reencontramos e vemos que a essência da pessoa nunca mudou. Mas tem aquelas que nem valem a pena conhecer, pois, só nos decepcionam, nos fazem mal, não acrescentam em nada em nossas vidas, essas levamos como aprendizado.

E, porque não falar das paixões que conhecemos? Dos amores? Alguns duram uma vida, outros, tempo suficiente, algumas paixões acabam virando amores, mas tem aquelas que duram um carnaval, umas férias. Uma aventura, conhecemos até muito de alguns, mas não tudo. Tem amores que mesmo que durem muito tempo, mesmo assim não conhecemos por completo.

Vejo que o bom é conhecer pessoas, compartilhar ideias, pensamentos, sonhos, vontades, metas, vidas. “O importante não é ser conhecido por muitos, e sim ser uma pessoa que valha a pena conhecer.”

📷 @ig_humanplus


Sobre o autor

Piauiense cabra arretado, sabe?! Contador por profissão, louco por números... Que ainda acredita no amor, observador de detalhes, onde apaixonou-se por escrever e consegue colocar para fora alguns pensamentos "soltos" que a cabeça e o coração insistem em discutir.

Publicado por

Mauro Garcia

Piauiense cabra arretado, sabe?! Contador por profissão, louco por números... Que ainda acredita no amor, observador de detalhes, onde apaixonou-se por escrever e consegue colocar para fora alguns pensamentos "soltos" que a cabeça e o coração insistem em discutir.