Mauro Garcia

Piauiense cabra arretado, sabe?! Contador por profissão, louco por números... Que ainda acredita no amor, observador de detalhes, onde apaixonou-se por escrever e consegue colocar para fora alguns pensamentos "soltos" que a cabeça e o coração insistem em discutir.

Falar de amor é fácil

Já me perguntaram por que escrevo tanto sobre amor, eu logo respondi: Porque é fácil falar de amor, quem já viveu por pouco tempo que for uma paixão ou até mesmo um amorzinho de verão, sabe falar de amor. É muito fácil, ainda mais para quem tem pais que se amam e muito mais para quem já leu um bom romance. É fácil falar de amor, pois apesar de perfeito o amor é simples.

(Encontrei no Instagram)

“Esse texto eu encontrei no Instagram e decidi postar aqui.” 

Estudei em escola pública, tinha o quatro zóio, o gordo, o magrela, o oreia, o mãozinha, todos eram zoados como brincadeira. Não era BULLYING. Éramos humildes, mas não tínhamos bolsa família, cesta básica, não havia Google e nem Wikipédia, tinha as enciclopédias, pesquisas de estudo eram feitas nas bibliotecas públicas.