Quando você decidiu ir embora

Ainda trago em mim as lembranças do dia em que você decidiu partir. Ainda lembro dos seus lábios dizendo o quanto me amava, o quanto eu fui importante, mas eles só falavam e falavam coisas que meu coração não conseguia compreender desde o primeiro momento em que você falou que precisava ir. Ainda lembro dos seus olhos cheios d’água como se quisessem fugir daquele momento ali na minha frente. Continuar lendo Quando você decidiu ir embora