A melhor confusão

img_2691O que posso dizer? Eu confundi mesmo, ‘tô’ concordando contigo já, e para falar a verdade foi a primeira e melhor confusão que tive, quando meus olhos pousaram nos seus a bagunça foi feita, mas como assim? Logo comigo que lá no fundo achava tudo isso uma grande besteira e que já estava mais que incrédula em relação a sentimentos, de repente nem consegui  esconder de ti o que estava sentindo, esse foi meu erro!

Deveria ter não só escondido, mas deveria ter engolido e digerido com um café para descer melhor (rsrsrs…), talvez meu erro fosse ter visto em seus olhos alguém com bom coração, pois foi a primeira coisa que me chamou atenção foram seus olhos, eu nem te conhecia e fiquei sem conhecer também, mas pude ver algumas alterações de humor e comportamento (rsrsrs…).

Eu que nem tive tempo pra te conhecer, pois foi tudo e nada muito rápido, me pergunto será que se pudesse te conhecer melhor eu gostaria de você? Será que você ainda teria o espaço que tem?

Muitas vezes desejei e imaginei,  pelo menos tentei te imaginar como uma pessoa horrível só para te despejar do espaço que invadiu como um sem terra, e estou fazendo grandes avanços sim, já não sonho mais contigo como antes, e quando penso tento me lembrar das suas últimas palavras,  sim aquelas que você disse depois de um breve silêncio. E você conseguiu sim, ainda tem espaço, mas aos poucos estou tentando uma reintegração de posse.

“Ainda sim posso dizer que mesmo sem te conhecer direito você foi a melhor bagunça que aconteceu comigo.”

Autor: @semamoramando

Sobre o autor

Piauiense cabra arretado, sabe?! Contador por profissão, louco por números... Que ainda acredita no amor, observador de detalhes, onde apaixonou-se por escrever e consegue colocar para fora alguns pensamentos "soltos" que a cabeça e o coração insistem em discutir.

Publicado por

Mauro Garcia

Piauiense cabra arretado, sabe?! Contador por profissão, louco por números... Que ainda acredita no amor, observador de detalhes, onde apaixonou-se por escrever e consegue colocar para fora alguns pensamentos "soltos" que a cabeça e o coração insistem em discutir.

2 comentários em “A melhor confusão”