Hoje não tô afim

img_5885Hoje não é dia
Não é dia de agradar
De adular, ou mimar alguém
Não sou abrigada a nada
Absolutamente nada
E sem dúvidas
Hoje não tô afim
Não vou ser um amorzinho
Não vou aceitar mentiras
Falsidades, ou ironias
Não estou com paciência
Para dúvidas, nem curiosidades
Simplesmente hoje não é dia
Não é dia de falar,
Menos ainda escutar
Não quero carinho
Nem brigas, quero o neutro
O zero, o nada
Apenas observar
Pensar, reorganizar
Evaporar, sumir
Fugir dessa bagunça
Dessa falta de verdades
Falta de amor
Fugir das incertezas
De gente insegura
E imatura.. Hoje não tô afim
De agradar ninguém
A não ser que esse alguém
Seja eu
E eu quero tudo
Tudo que me deixe em silêncio
Tudo que me ajude
A encontrar o meu eu
Do barulho da minha mente
Carregada
A bagunça do meu peito
Em pedaços.
Hoje, não tô afim!

Deixe uma resposta